Sistema de Produção avançada
para a Reabilitação Sustentada
e Produtiva de coberturas

PROJETO
ADAPTIVE!

PROJETO - ADAPTIVE

ADAPTIVE visa desenvolver
um novo sistema

INVESTIGAÇÃO PARA
A SUSTENTABILIDADE

produção avançada para a reabilitação de coberturas de edifícios que permitirá a redução e potencial eliminação do impacto ambiental acumulado da sua cadeia de produção, aumentando substancialmente a produtividade para a indústria da construção.

INVESTIGAÇÃO PARA
A PRODUTIVIDADE

uma solução composta para a reabilitação de coberturas planas em edifícios atuais, uma solução completamente pré-fabricada e que gera zero resíduos, materializada por polímeros biológicos e polímeros sintéticos derivados dos resíduos de outras indústrias.

UTILIZAÇÃO EFICIENTE DA ÁGUA

objetivo de aumentar o desempenho energético do edifício, recolhendo e armazenando a água da chuva, e prevendo a utilização da área de cobertura como espaço de lazer ajardinado, integrado com equipamento para a produção autónoma de energia elétrica.

PROJETO - ADAPTIVE

Uso eficiente
de água

UTILIZAÇÃO EFICIENTE DA ÁGUA

Objetivo de aumentar o desempenho energético do edifício

Recolher e armazenar a água da chuva, prevendo a utilização da área da cobertura como espaço de lazer ajardinado, integrando equipamento para produção autónoma de energia elétrica.

CONSÓRCIO

PARCEIROS EXTERNOS

PROJETO - ADAPTIVE

Equipa Coordenadora

A indústria da construção enfrenta dois grandes desafios: produtividade e sustentabilidade. O desafio da produtividade nunca poderá ser ultrapassado sem a mitigação da sobredependência de recursos humanos especializados pelo que a pré-fabricação e o caminho do futuro.

O desafio da sustentabilidade depende de um empenho da indústria em reduzir os desperdícios decorrentes de excessos de produção e a geração de resíduos, desafio esse que se espera também mitigar com o desenvolvimento de soluções tecnológicas de base industrial como as que se desenvolverá no âmbito do projeto ADAPTIVE.

Nuno Oliveira Ferreira

Diretor de Projeto

O panorama da inovação na indústria da construção é marcado pela dependência da abordagem experimental para o desenvolvimento tecnológico, e pela dimensão, complexidade e custo dos materiais envolvidos nos espécimes de teste e protótipos à escala real. Estas restrições restringem a capacidade inovadora a grandes grupos económicos, embora a maior capacidade inovadora resida, como noutros sectores, em equipas pequenas e altamente qualificadas. O incentivo financeiro do COMPETE 2020 abre a porta da inovação a jovens microempresas com recursos altamente qualificados, e a ideias genuinamente inovadoras.

Nelson Bento Pereira

Diretor Científico - Centros de Estudos do Património

O projeto ADAPTIVE visa o desenvolvimento de soluções compósitas pré-fabricadas para a reabilitação de coberturas planos em edifícios correntes, com uma abordagem 'zero-waste', concretizada através de polímeros biológicos ou sintéticos, produzidos a partir de resíduos provenientes de outras indústrias. Estas soluções representarão também um passo em frente em termos do respetivo desempenho técnico, nomeadamente através da otimização do consumo energético atual, através da recolha e armazenamento de água da chuva, e transformando a área coberta num espaço de lazer integrado, com a capacidade simultânea de produzir energia elétrica.

A contribuição da UTAD para o projeto centra-se na avaliação da capacidade dos materiais de cumprir todos os códigos normativos relevantes, recorrendo a ensaios experimentais e software de última geração. Um segundo forte contributo está relacionado com a análise do ciclo de vida dos produtos finais, essencial para apoiar a sua construção e aplicação futuras.

Nuno Cristelo

Coordenador Científico - UTAD

O projeto Adaptive visa o desenvolvimento de compósitos à base de subprodutos de madeira e outros resíduos lenhocelulósicos agroflorestais para incorporação na cobertura de edifícios. Este objetivo vai de encontro às metas preconizadas na Vision 2040 da European forest-based sector: utilização eficiente dos recursos naturais e incremento da economia circular que permitirá o aumento do armazenamento de carbono e a substituição de materiais de consumo energético intensivo e de origem fóssil por materiais leves, de base biológica, renováveis e recicláveis. O projeto Adaptive dará assim a sua contribuição para a transição climática que é uma prioridade de Portugal e do mundo.

Jorge Martins

Coordenador Científico - IPV

PROJETO - ADAPTIVE

Downloads

Nome

Data

Download

Ficha de Projeto Geral

File Date

18-02-2022

Download

Projeto Adaptive

Sistema de produção avançada
para a reabilitação sustentada e produtiva de coberturas

©2021 ADAPTIVE IS PROUDLY POWERED BY MODAL BRANDS & DIGITAL